Banner do Vocabulário Jurídico Controlado

 
 
 
USE GRATIFICAÇÃO DE ATIVIDADE EXTERNA (GAE)
 
 
 
 
 
NOTA

Constitui requisito indispensável ao regular exercício do direito de o executado discutir matéria relacionada à execução, e se efetua mediante depósito da quantia correspondente, atualizada e acrescida das despesas processuais, apresentação de seguro-garantia judicial ou nomeação de bens à penhora (Art. 882, CLT/1943).

 
USE ESTABILIDADE PROVISÓRIA
 
USE ESTABILIDADE ACIDENTÁRIA
 
USE ESTABILIDADE PROVISÓRIA
 
 
NOTA

É o profissional que trabalha na preservação da limpeza das vias públicas, seja na varrição ou na coleta do lixo urbano.

UPColetor de Lixo
UPLixeiro
UPVarredor de Rua
 
USE GRATIFICAÇÃO DE ATIVIDADE DE SEGURANÇA (GAS)
 
 
USE TURMEIRO
 
USE GRATIFICAÇÃO POR EXERCÍCIO CUMULATIVO DE JURISDIÇÃO (GECJ)
 
 
 
 
USE GRAVIDEZ
 
 
 
 
 
 
NOTA

É um processo contínuo e interativo que visa auxiliar a Administração no gerenciamento da organização e se baseia em três pilares fundamentais: planejamento estratégico; execução da estratégia e acompanhamento estratégico (Disponível em: <http://www.trt3.jus.br/gestaoestrategica/glossario/glossario.htm>. Acesso em 20/06/2016).

 
 
 
 
 
 
 
 
USE GUIA DE RECOLHIMENTO DO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO E INFORMAÇÕES À PREVIDÊNCIA SOCIAL (GFIP)
 
USE GRAU DE INCIDÊNCIA DE INCAPACIDADE LABORATIVA DECORRENTE DOS RISCOS AMBIENTAIS DO TRABALHO (GILRAT)
 
 
NOTA

“Consiste (...) na entrega do dinheiro, pelo cliente de uma empresa, ao empregado desta que o serviu, como testemunho da satisfação pelo tratamento recebido. (...) Existem duas modalidades de gorjetas: as obrigatórias (sistema alemão), quando fixadas na nota de despesa, e as facultativas (sistema latino), quando espontâneas” (NASCIMENTO, Amauri Mascaro; NASCIMENTO, Sônia Mascaro. Iniciação ao Direito do Trabalho. 40 ed. São Paulo: LTr, 2015).

 
 
UPFruição
 
USE GUIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL (GPS)
 
CAT

MODIFICADOR

 
 
USE ORDEM DE PREFERÊNCIA
 
USE INTERCEPTAÇÃO TELEFÔNICA
 
NOTA

"As gratificações consistem em parcelas contraprestativas pagas pelo empregador ao empregado em decorrência de um evento ou circunstância tida como relevante pelo empregador (gratificações convencionais) ou por norma jurídica (gratificações normativas)" (DELGADO, Maurício Godinho. Curso de Direito do Trabalho. 15 ed. São Paulo: LTr, 2016).

 
USE ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO
 
USE ADICIONAL DE ATIVIDADE EXTRACLASSE
 
USE PRÊMIO ASSIDUIDADE
 
USE GRATIFICAÇÃO DE ATIVIDADE DE SEGURANÇA (GAS)
 
UPGAS
UPGratificação de Atividade de Segurança
 
USE GRATIFICAÇÃO DE ATIVIDADE EXTERNA (GAE)
 
UPGAE
UPGratificação de Atividade Externa
 
UPGratificação de Função de Caixa
 
 
NOTA

Gratificação que o funcionário recebe pela maior responsabilidade no desempenho de suas funções.

 
USE GRATIFICAÇÃO DE CAIXA
 
 
USE GRATIFICAÇÃO DE PRODUTIVIDADE
 
UPAdicional de Produtividade
UPGratificação de Produção
 
 
USE ADICIONAL DE ATIVIDADE EXTRACLASSE
 
 
USE DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO
 
 
USE GRATIFICAÇÃO POR EXERCÍCIO CUMULATIVO DE JURISDIÇÃO (GECJ)
 
NOTA

“A Gratificação por Exercício Cumulativo de Jurisdição – GECJ será devida nas hipóteses de um Juiz do Trabalho responder simultaneamente, permanentemente ou temporariamente, por: I - acervo processual de Gabinete de Desembargador como convocado e seu acervo processual na Vara do Trabalho de que é Titular; II - duas Varas do Trabalho; III - uma Vara e um posto avançado da Justiça do Trabalho; IV - os dois acervos processuais da Vara do Trabalho, constituídos nos termos do caput deste artigo, em casos de: a) férias, licenças e afastamentos do outro magistrado que atua na Vara; b) não designação de Juiz Substituto para Vara” (§ 1º do art. 3º da Resolução 155/2015 CSJT).

UPGECJ
UPGratificação por Exercício Cumulativo de Jurisdição
 
USE ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO
 
NOTA

"Importância paga pelo empregador ao empregado, a cada seis meses (geralmente em junho e dezembro), a título, teoricamente, de recompensa pela boa prestação do serviço no período" (PINTO, José Augusto Rodrigues. Gratificação Semestral. In: PINTO, José Augusto Rodrigues; MARTINEZ, Luciano; MANNRICH, Nelson (Coord.). Dicionário Brasileiro de Direito do Trabalho. São Paulo: LTr, 2013).

 
CAT

MODIFICADOR

 
USE JUSTIÇA GRATUITA
 
NOTA

Designa a posição, a ordem, a classificação ou a qualificação de alguma coisa.

CAT

MODIFICADOR

 
USE GRAU DE INCIDÊNCIA DE INCAPACIDADE LABORATIVA DECORRENTE DOS RISCOS AMBIENTAIS DO TRABALHO (GILRAT)
 
UPGILRAT
UPGrau de Incidência de Incapacidade Laborativa Decorrente dos Riscos Ambientais do Trabalho
UPRisco Ambiental do Trabalho
UPSeguro de Acidente do Trabalho
 
 
NOTA

Posição de um órgão judiciário na hierarquia dos vários órgãos judiciários (MAGALHÃES, Esther C Piragibe; MAGALHÃES, Marcelo C Piragibe. Dicionário Jurídico. 9 ed. Rio de Janeiro: Lúmen Júris, 2007).

 
NOTA

Usar este termo no sentido de processo técnico que registra o som, as imagens ou algum tipo de informação em determinado dispositivo.

Não usar este termo no sentido de ônus, encargo.

 
NOTA

Consiste na gravação feita sem o conhecimento da pessoa cuja voz está sendo registrada (FILHO, Manoel Antonio Teixeira. Curso de Direito Processual do Trabalho. São Paulo: LTr, 2009).

 
NOTA

"Diz-se do estado da mulher, o qual vai da fecundação do óvulo ou dos óvulos até o parto" (SILVA, De PLácido e. Vocabulário Jurídico. Rio de Janeiro: Forense, 2014).

UPGestação
 
NOTA

"A greve é conceituada pelo art. 2º da Lei n. 7.783, de 28 de junho de 1989, como sendo 'a suspensão coletiva temporária e pacífica, total ou parcial, da prestação pessoal de serviços ao empregador'. Ela não é simplesmente uma paralisação do trabalho, mas uma cessação temporária do trabalho, com o objetivo de impor a vontade dos trabalhadores ao empregador sobre determinados pontos. Ela implica a crença de continuar o contrato, limitando-se a suspendê-lo Por outro lado, nem todas as greves comportam necessariamente uma paralisação do trabalho, pois na greve 'perlée', por exemplo, os empregados não paralisam o trabalho, limitando-se a chegar atrasados uma hora ou a recusar-se a fazer horas extras. A greve é também um movimento de massa; é um fenômeno coletivo, residindo aí seu poder de coerção. Infere-se desse fato que deverá ser um movimento organizado, determinado e comum ao grupo social envolvido" (BARROS, Alice Monteiro de. Curso de Direito do Trabalho. 10 ed. São Paulo: LTr, 2016).

 
USE GUIA DE RECOLHIMENTO DA UNIÃO (GRU)
 
 
USE GRUPO ECONÔMICO
 
 
NOTA

"O grupo econômico aventado pelo Direito do Trabalho define-se como a figura resultante da vinculação justrabalhista que se forma entre dois ou mais entes favorecidos direta ou indiretamente pelo mesmo contrato de trabalho, em decorrência de existir entre esses entes laços de direção ou coordenação em face de atividades industriais, comerciais, financeiras, agroindustriais ou de qualquer outra natureza econômica” (DELGADO, Maurício Godinho. Curso de Direito do Trabalho. 15 ed. São Paulo: LTr, 2016).

UPGrupo de Empresas
 
 
 
 
 
NOTA

É o pagamento feito por fornecedores do empregador ao empregado, objetivando estimular a venda de seus produtos.

UPGueltas
 
USE GUELTA
 
USE GUIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL (GPS)
 
UPGPS
UPGuia da Previdência Social
 
 
 
USE GUIA DE RECOLHIMENTO DO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO E INFORMAÇÕES À PREVIDÊNCIA SOCIAL (GFIP)
 
USE GUIA DE RECOLHIMENTO DA UNIÃO (GRU)
 
UPGRU
UPGuia De Recolhimento Da União
 
UPGFIP
UPGuia de Recolhimento ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social